Sobre #2

Estava aqui a pensar em como deveria colocar umas certas informações,  sob a forma de texto corrido (mas fresco que nem uma alface vinda do frigorífico!), que vêm num pequeno cartão (daqueles que não “devem” ir para o Ecoponto) que praticamente me custou uma lesão no pescoço para obtê-lo, pois era essencial uma caracterização fotográfica digna de foto de perfil de uma qualquer rede social embutida nele. Mas como não encontro uma forma algo peculiar e inspirada naquele agente (não, não quero substituir “agente” por “nós”) ou na abertura do antigo Jornal da Noite da TVI (jornal da “night” e tal), terei então de colocá-las a tombar para o objetivo: Muito prazer (isto não vem no cartão), João Maria Mateus Palmeiro, Mateus da parte da mãe, Palmeiro e João da parte do pai (resumidamente, de acordo com o cartão) e Maria deduzo que não seja da parte da bolacha, porque eu adoro é bolacha de “água do mar” (embora João de Água e Sal até fosse um nome bastante interessante se virasse um empresário no incrível mundo da “comida” (daquela que se come literalmente e sem canibalismos)). Foi um momento quase digno de “parêntesinception”.

Deixando o cartão de lado (esquerdo, por exemplo), e já agora, o plástico e o vidro também (e o 3,14lhão, a “Worten” dos aparelhos com certos componentes incapazes de funcionar e a “falsa impressora” que, por mais tinteiros que leve, e mesmo que estes possuam tinta, imprime unicamente (em superfícies de origem animal) formas semelhantes à nódoa negra se, por acaso, a nossa rota coincidir com o “XIZE” da dita cuja), já que, para além disso, sou como um pseudópode, gostaria então de retratar, nesta tela informaticamente concebida, mais algumas coisas (vou tentar “não sair do risco”): Estive presente no primeiro grande momento de eletricista da minha mãe, no dia 9 do mês em que começam os anúncios de Natal de dezanove noventa e cinco, antecipei o “YOLO” e entrei na escola primária com 5 anos (mas já lá tinha estado com apenas 3 anos), vi um amigo a quebrar destrutivamente uma daquelas lendárias réguas da Maped (e o meu amigo chama-se Jorge) no decorrer do 7º ano de escolaridade, no ano seguinte lembrei-me fortemente que implorava à professora da primária para nos enviar mais trabalhos para casa e, com isso, apercebi-me do quão ingénuo era e, antes de concluir o secundário, fui para a “rua” (na verdade, e cerca de 99% das vezes que tenho aulas, vou … mas na hora correta) no dia da comemoração do meu nascimento, por imitar o efeito sonoro de um sapo (daqueles que não estão no negócio das Internets), aleijei-me num local conhecido por “Monte Virgem” (é “Virgem”, mas f****-** à grande) e, considerado por mim, como o meu maior feito, sobrevivi à Grande Greve das Provas de Avaliação Nacional.

Para além destes episódios gravados nas minhas lembranças, tenho diversos amores (quase a igualar o sentido da música, mas sem esquecer a importância de cada um): Família de sangue e família de coração (é impossível colocar algo à frente destas duas sequóias genealógicas), os meus projetos (que me mantêm mais vivo a cada dia que passa), Sporting C.P. e Redondense F.C. (os meus clubes do coração, da alma e do que estiver acima da alma) e o meu país (nem sempre, mas prefiro destacá-lo pelos seus aspetos apaixonantes), mas tenho a certeza que esta enumeração (com inspiração na matemática, já que só utiliza letras) aumentará com o passar do futuro.

Por fim, sou teimoso, só vou fazer a barba quando tiver a licenciatura (ou melhor, só a vou “desfazer” quando tiver a licenciatura) e apaixono-me, no bom sentido, rapidamente. Isto tudo para dizer “pleonasmonamente” que publicarei diversas atualizações neste blog. Muito obrigado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s